Pedir Crédito

Pretende fazer um pedido de crédito? Descubra os vários créditos disponíveis e todos os procedimentos necessários para que possa encontrar a melhor solução de financiamento para si e para os seus projetos.

Desde a simulação de crédito, pré-aprovação, análise financeira, aprovação ou, eventualmente, recusa, esteja informado acerca das várias fases e dos conceitos mais importantes no seu processo de crédito.

Para nos fazer um pedido de crédito pode usar um dos três canais que temos disponíveis: telefone, chat ou neste site, utilizando o nosso simulador.

São apenas 3 passos para pedir o seu crédito:

  1. Comece pelo simulador. Escolha a finalidade, o montante e o prazo pretendidos. E pense se pretende aderir ao seguro. Pode ver as vantagens de aderir ao seguro facultativo aqui.
  2. Aqui, poderá optar por falar logo connosco ou pode continuar o pedido sozinho. Se optar por falar connosco, nós ligamos-lhe para analisar de imediato o seu pedido e para o aconselhar, se precisar.
  3. Se continuar sozinho, terá que digitalizar ou tirar uma fotografia aos seus documentos e enviar pela Área Privada. A Área Privada é uma ferramenta que permite o envio dos seus documentos em formato pdf, jpg ou tiff.

Depois só precisa de preencher, assinar e enviar-nos por correio o contrato de crédito que recebeu. Este envio não tem custos, basta escrever Remessa Livre no envelope e deixá-lo em qualquer marco de correio.

A morada da remessa livre é:

Remessa Livre 14093
EC 5 de Outubro
1064-964 Lisboa

Pode ver com maior detalhe o processo no nosso vídeo.

Uma pré-aprovação é um estado do pedido de crédito que tem como objetivo dizer-lhe que, em princípio, se todos os dados que nos forneceu ao telefone ou quando preencher o formulário de pedido de crédito estiverem corretos, o seu crédito pode eventualmente reunir as condições para ser aprovado.

A aprovação só é finalizada quando os nossos analistas de crédito verificam todos os documentos que nos enviar e depois de estudarem se tem condições financeiras (solvabilidade) para o seu crédito ser aceite.

O pedido de crédito pode ter 1 ou 2 titulares, consoante o produto pretendido e o seu estado civil:

  • Os produtos do tipo Linha de Crédito podem ter apenas 1 titular, independentemente do estado civil;
  • Os produtos do tipo Crédito Pessoal ou do Crédito Consolidado têm de ter 2 titulares caso seja casado ou viva em união de facto. Nos restantes estados civis, pode ter apenas 1 titular.

Mesmo se não for casado ou não viva em união de facto e pretenda adicionar um segundo titular, pode fazê-lo. O segundo titular poderão ser pais, irmãos, tios, filhos, etc.

Agora que fez o pedido, um dos nossos analistas de crédito vai falar consigo para estudar o seu perfil, validar os seus documentos e fazer uma análise ao seu orçamento.

Vamos verificar junto da Central de Responsabilidade de Crédito do Banco de Portugal se possui outros créditos ativos e, com base nesta informação, calcular a sua taxa de esforço. Em certos casos, é feito um ajuste ao valor do crédito pedido para que o mesmo possa ser aceite. Se reunir condições de solvabilidade, o seu crédito fica pré-aprovado.

Para que o seu crédito seja efetivamente aceite, tem de nos enviar, por correio, o contrato de crédito datado e assinado. É a partir da receção destes documentos e validação dos mesmos que começam a contar os dois dias úteis até receber o seu dinheiro, caso o crédito seja aprovado.

Pode ver mais informação no nosso vídeo.

Não precisa de abrir uma nova conta bancária. O crédito ficará associado à conta bancária que nos indicar.

Tem acesso à proposta de contrato de crédito após preencher o formulário de pedido de crédito e a resposta ao seu pedido ser pré-aprovado. Nesse momento recebe a proposta de contrato de crédito por e-mail. Se preferir também pode receber por correio.

Pode, desde que tenha rendimentos declarados em Portugal e uma morada de residência. Se não cumprir estes dois requisitos, opte por fazer o seu pedido de crédito no país onde reside. Além de Portugal, a COFIDIS está presente em Espanha, França, Itália, Bélgica, República Checa, Eslováquia e Hungria.

A conhecida “lista negra” do Banco de Portugal, não é mais do que uma base de dados onde consta informação positiva e negativa relativa a créditos.

Na realidade chama-se Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) e qualquer pessoa ou empresa que tenha um crédito comunicado à CRC, terá o seu mapa, ou seja, uma folha onde ficam registados todos os seus créditos comunicados ao Banco de Portugal, estejam os pagamentos em dia ou não. Fazem também parte destas comunicações, responsabilidades de crédito potenciais. Por exemplo, o plafond de um cartão de crédito, ou de uma linha de crédito mesmo que não estejam a ser utilizados aparecem indicados no mapa de responsabilidades de crédito.

Pode consultar o seu mapa de responsabilidades de crédito no site do Banco de Portugal.

Convidamo-lo a ler os nossos artigos onde pode saber mais sobre a "lista negra" do Banco de Portugal: